Última hora

Última hora

Bélgica segue Suíça e suspende venda de modelos VW com motores a gasóleo

Para além de modelos Volkswagen, outros modelos das marcas Audi, Skoda e Seat estariam igualmente envolvidos. Depois da Suíça ter suspenso a venda de

Em leitura:

Bélgica segue Suíça e suspende venda de modelos VW com motores a gasóleo

Tamanho do texto Aa Aa

Para além de modelos Volkswagen, outros modelos das marcas Audi, Skoda e Seat estariam igualmente envolvidos.

Point of view

"É claro que existe um problema e a Bélgica não é excepção. Pensamos que até cerca de meio milhão de viaturas foram vendidas na Bélgica" - Kris Peeters, ministro da Economia, Bélgica

Depois da Suíça ter suspenso a venda de modelos VW com motores a diesel, chegou a vez da Bélgica proibir a importação de mais modelos VW implicados no escândalo das emissões.

Segundo a VW, o maior construtor mundial, cerca de 11 milhões de veículos poderão estar afetados. Destes, cerca de 2,8 milhões encontram-se na Alemanha.

“É claro que existe um problema e a Bélgica não é excepção. Pensamos que até cerca de meio milhão de viaturas foram vendidas na Bélgica. O número exacto ainda não é conhecido porque eles não sabem em quantos deles é que o software foi instalado”, afirma Kris Peeters, ministro belga da Economia.

O software em questão deteta condições de teste e ajusta os valores de forma a colocar as emissões de gases poluentes dentro dos limites permitidos por lei.

Para além dos Estados Unidos e Alemanha, também o Reino Unido já lançou a sua própria investigação sobre as emissões de veículos a gasóleo.

Para além de modelos Volkswagen, outros modelos das marcas Audi, Skoda e Seat estariam igualmente envolvidos.