Última hora

Última hora

Estudo revela que dispositivos digitais afetam a memória

A maioria dos europeus sofre de amnésia digital. Pelo menos é o que revela um estudo norte-americano da Kaspersky Lab . De acordo com os

Em leitura:

Estudo revela que dispositivos digitais afetam a memória

Tamanho do texto Aa Aa

A maioria dos europeus sofre de amnésia digital. Pelo menos é o que revela um estudo norte-americano da Kaspersky Lab . De acordo com os investigadores o uso de dispositivos digitais está não só a afetar a capacidade de memorização dos utilizadores, mas também a torná-los mais preguiçosos.

Cerca de 50 por cento dos 6 mil inquiridos admitiu que, em caso de dúvida, prefere recorrer à internet a fazer um esforço para se lembrar de uma determinada informação. O estudo concluiu, ainda, que pelo menos uma em cada quatro pessoas esquece a informação online depois de a ter utilizado. Há muito que o nosso cérebro apaga o que não lhe interessa. Uma situação que segundo os cientistas pode ser preocupante quando em causa está a perda de informação que devia ser memorizada.

A dificuldade em reter a informação ou amnésia digital – como é designada pela Kaspersky Lab – não escolhe, segundo o estudo, idade ou sexo.