Última hora

Última hora

Italia: Cinco mortos em violentas cheias

Pelo menos cinco pessoas morreram numa série de tempestates que atingiram esta quarta-feira o centro de Itália e que causaram cheias e desmoronamentos de terras em diferentes regiões .

Em leitura:

Italia: Cinco mortos em violentas cheias

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos cinco pessoas morreram numa série de tempestates que atingiu esta quarta-feira o centro de Itália e que causou cheias e desmoronamentos de terras em diferentes regiões .

Point of view

O nosso país encontra-se numa situação de risco desde há muito tempo, porque o temos negligenciado e porque não tomámos as medidas de prevenção necessárias

Na região de Campagna (centro-sul), uma mulher de setenta anos morreu afogada no seu próprio quarto, ao ser apanhada pelas chuvas que castigaram a província de Benevento, onde as escolas deverão permanecer fechadas durante dois dias.

Na região de Lazio, de que Roma é a capital, um homem morreu no seu carro quando este caiu dentro de uma cratera, aberta pela violência das fortes inundações.

As autoridades italianas continuavam em estado de alerta esta quinta-feira e assim deverâo manter-se até ao fim de semana.

Esperam-se fortes chuvas nas regiões do sul da península, como Calábria, Puglia, Basilicata e a ilha de Sicícilia, que poderiam dar origem a novas cheias.

O Ministro Italiano do Ambiente, Luca Galleti disse que os perigos ligados às cheias têm sido ignorados durante muito tempo no seu país:

“O nosso país encontra-se numa situação de risco desde há muito tempo, porque o temos negligenciado e porque não tomámos as medidas de prevenção necessárias”

A falta de regulamentação no setor construção civil, especialmente a partir da Segunda Grande Guerra mais não fez do que exacerbar o problema.