Última hora

Última hora

África do Sul e Nova Zelândia avançam para as "meias" no Mundial de râguebi

Os sul-africanos conseguiram uma vitória difícil face ao País de Gales, só arrancada nos últimos minutos com um ensaio de Du Preez. Já a Nova Zelândia cilindrou a França por completo.

Em leitura:

África do Sul e Nova Zelândia avançam para as "meias" no Mundial de râguebi

Tamanho do texto Aa Aa

Foi uma vitória arrancada a ferros, esta que a África do Sul conseguiu face ao País de Gales e deu aos Springboks o bilhete para as meias-finais do mundial de rãguebi.

O jogo esteve equilibrado ao longo dos 80 minutos. Os galeses marcaram um ensaio na primeira parte, através de Davies e chegaram ao intervalo a vencer por 13-12. Uma diferença que só não era maior por causa das muitas faltas feitas pela equipa galesa, que a África do Sul soube aproveitar bem, sempre com pontapés certeiros de Pollard, que marcou ao todo cinco penalidades.

O País de Gales comandava o marcador, a poucos minutos do final, quando o ensaio de Du Preez pôs fim ao sonho galês. O resultado final foi 23-19 a favor da África do Sul.

A Nova Zelândia cilindrou completamente a França e já tem o passaporte carimbado para as meias-finais.

Mesmo se os “All-Blacks” partiam como favoritos, o resultado de 62-13 era difícil de prever. O jogo foi um autêntico festival de ensaios, com nove marcados do lado neozelandês, contra apenas um marcado pelos franceses. Com três ensaios marcados, Julian Savea, número 11 dos “All-Blacks”, foi o homem do jogo.

Veja aqui a “haka”: