Última hora

Última hora

Comité de Ética da FIFA sem mãos a medir

O Regresso ao Futuro até pode estar na ordem do dia mas no Comité de Ética da FIFA a preocupação passa por regressar ao passado. As suspeitas de

Em leitura:

Comité de Ética da FIFA sem mãos a medir

Tamanho do texto Aa Aa

O Regresso ao Futuro até pode estar na ordem do dia mas no Comité de Ética da FIFA a preocupação passa por regressar ao passado.

As suspeitas de votos comprados para a organização do Campeonato do Mundo de 2006, que teve lugar na Alemanha, não são novidade mas só agora o organismo que tutela o futebol mundial se debruçou sobre o assunto.

Franz Beckenbauer, uma figura central na candidatura, sempre negou as acusações mas mesmo assim encontra-se sob investigação do Comité de Ética da FIFA.

Não está só. Também Ángel María Villar está a ser investigado. No caso do espanhol, que até é o líder atual da UEFA devido à suspensão de Michel Platini, está em causa a compra de votos no processo de atribuição para os mundiais de 2018 e 2022.

A limpeza nos corredores da FIFA quer-se total, e rápida. O Comité de Ética anunciou ainda que tudo fará para concluir os processos de investigação a Sepp Blatter e Michel Platini antes de chegarem ao fim os 90 dias de suspensão provisória.