Última hora

Última hora

Espanha: Desemprego recua para 21,18%

A taxa de desemprego recuou, em Espanha, para 21,18%, no terceiro trimestre de 2015. De acordo com o Instituto Nacional de Estatística espanhol, h�

Em leitura:

Espanha: Desemprego recua para 21,18%

Tamanho do texto Aa Aa

A taxa de desemprego recuou, em Espanha, para 21,18%, no terceiro trimestre de 2015.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística espanhol, há pouco mais de 4 milhões e 800 mil pessoas à procura de emprego. Pela primeira vez, desde o mesmo semestre de 2011, há menos de 5 milhões de espanhóis desempregados.

A contribuir para esta baixa, está o facto de a população ativa espanhola ter, também, caído no mesmo trimestre em 116 mil pessoas.

A pouco menos de dois meses de eleições legislativas, o primeiro-ministro espanhol mostra-se satisfeito.

“Estes dados do desemprego são muito bons, mas o mais importante agora é continuar com esta velocidade de cruzeiro. No próximo mandato, se fizermos bem as coisas, em quatro anos podemos criar, em Espanha, 500.000 postos de trabalho, por ano, ou seja dois milhões de postos de trabalho. Os números de hoje permitem-nos dizer que isso é possível”, promete Mariano Rajoy.

Os dados do INE espanhol indicam, contudo, uma subida do trabalho precário, no terceiro trimestre do ano. De acordo com os dados, a taxa de emprego temporário subiu para 26,6%, a mais alta desde 2008. Um em cada quatro assalariados espanhóis tem um trabalho temporário.

O desemprego juvenil é um dos mais altos da Europa, atingindo os 46,58%.