Última hora

Última hora

N°2 da UEFA na corrida para a presidência da FIFA

O comité executivo da UEFA apoiou a candidatura do secretário-geral, o suíço Gianni Infantino, para a presidência da FIFA. A UEFA tira, assim

Em leitura:

N°2 da UEFA na corrida para a presidência da FIFA

Tamanho do texto Aa Aa

O comité executivo da UEFA apoiou a candidatura do secretário-geral, o suíço Gianni Infantino, para a presidência da FIFA. A UEFA tira, assim, claramente o tapete a Michel Platini, o ainda patrão do futebol europeu. Infantino chegou à UEFA no ano 2000 para tratar das questões jurídicas e comerciais e foi subindo os degraus até que Michel Platini o escolheu para seu braço-direito em 2009.

O antigo bola de ouro era o candidato favorito à sucessão de Joseph Blatter. Mas o francês foi atingido pela sombra da suspeição devido a uma transferência controversa de perto de 2 milhões de euros, resultante de um acordo de cavalheiros por alegados serviços prestados à FIFA. A comissão de ética da FIFA suspendeu o presidente da UEFA durante 90 dias.

As eleições para a presidência da FIFA estão agendadas para 26 de fevereiro. O patrão do futebol asiático, o xeque Salman ben Ibrahim Al-Khalifa, do Bahrein, também apresentou a sua candidatura.