Última hora

Última hora

Refugiados: Eslovénia e Croácia temem Inverno

A Eslovénia poderá recorrer a agências de segurança privada para ajudar a controlar o fluxo de refugiados. A informação foi avançada por um

Em leitura:

Refugiados: Eslovénia e Croácia temem Inverno

Tamanho do texto Aa Aa

A Eslovénia poderá recorrer a agências de segurança privada para ajudar a controlar o fluxo de refugiados. A informação foi avançada por um responsável do ministério do Interior.

Cerca de 9000 migrantes encontravam-se esta segunda-feira em território esloveno, na esperança de poder seguir caminho para a Áustria.

Apesar das promessas de maior cooperação e de reforço da capacidade de acolhimento saídas da mini-cimeira de Bruxelas, as organizações que assistem os refugiados alertam para a chegada do Inverno.

Uma representante da Cruz Vermelha eslovena explica que “a curto prazo, a situação está controlada: há roupa e cobertores suficientes e estão a ser distribuídas bebidas quentes e comida. O problema é a longo prazo”.

A vizinha Croácia ativou o mecanismo de proteção civil da União Europeia para pedir apoio material aos parceiros comunitários. O ministro croata do Interior anunciou que um novo centro de acolhimento de Inverno, com capacidade para receber mais 5000 pessoas, deverá estar pronto a 2 de novembro.