Última hora

Última hora

Líder do Pegida "preside" manifestações xenófobas na República Checa

Mais de 3 mil pessoas manifestaram-se esta quarta-feira em Praga e em várias cidades da República Checa contra o acolhimento de migrantes no país e

Em leitura:

Líder do Pegida "preside" manifestações xenófobas na República Checa

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 3 mil pessoas manifestaram-se esta quarta-feira em Praga e em várias cidades da República Checa contra o acolhimento de migrantes no país e na União Europeia.

Sob palavras de ordem em favor do “encerramento das fronteiras”, ou em “defesa da Europa”, a manifestação na capital checa foi marcada por momentos de tensão com contra-manifestantes.

As marchas prestaram homenagem ao líder do movimento xenófobo e anti-islâmico alemão Pegida, Lutz Bachmann, convidado especial em Praga.

“O mais importante é que os patriotas de toda a Europa se juntem para cooperar e combater esta ameaça”, afirmou Bachmann.

O protesto ocorre num momento em que o movimento volta a ganhar força, na Alemanha, face à decisão de Angela Merkel de acolher um milhão de refugiados este ano.

A manifestação, no dia nacional checo, ocorre uma semana depois do país ter sido acusado pela ONU de tratamento degradante de migrantes nos centros de acolhimento do país.