A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Líder do Pegida "preside" manifestações xenófobas na República Checa

Líder do Pegida "preside" manifestações xenófobas na República Checa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 3 mil pessoas manifestaram-se esta quarta-feira em Praga e em várias cidades da República Checa contra o acolhimento de migrantes no país e na União Europeia.

Sob palavras de ordem em favor do “encerramento das fronteiras”, ou em “defesa da Europa”, a manifestação na capital checa foi marcada por momentos de tensão com contra-manifestantes.

As marchas prestaram homenagem ao líder do movimento xenófobo e anti-islâmico alemão Pegida, Lutz Bachmann, convidado especial em Praga.

“O mais importante é que os patriotas de toda a Europa se juntem para cooperar e combater esta ameaça”, afirmou Bachmann.

O protesto ocorre num momento em que o movimento volta a ganhar força, na Alemanha, face à decisão de Angela Merkel de acolher um milhão de refugiados este ano.

A manifestação, no dia nacional checo, ocorre uma semana depois do país ter sido acusado pela ONU de tratamento degradante de migrantes nos centros de acolhimento do país.