Última hora

Última hora

Sonda espacial Rosetta deteta oxigénio em cometa

Uma equipa internacional composta por cientistas de várias universidades anunciou a deteção de oxigénio em quantidades consideráveis na atmosfera do

Em leitura:

Sonda espacial Rosetta deteta oxigénio em cometa

Tamanho do texto Aa Aa

Uma equipa internacional composta por cientistas de várias universidades anunciou a deteção de oxigénio em quantidades consideráveis na atmosfera do cometa 67P.

Point of view

"Vai ser necessário modificar os modelos existentes sobre a formação do sistema solar" - André Bieler, Universidade de Michigan, EUA

Segundo os cientistas, trata-se de uma descoberta surpreendente que poderá levar à mudança das teorias sobre a formação do sistema solar.

Trata-se da primeira vez que é detetado oxigénio num cometa, uma descoberta inédita, de acordo Kathrin Altwegg da Universidade de Berna na Suíça.

A descoberta deveu-se ao espetrómetro Rosina, um dos principais instrumentos a bordo da sonda Rosetta que desde o ano passado tem vindo a medir os gases presentes no cometa.

Os cientistas adiantam que o oxigénio poderá estar contido dentro de grãos de gelo podendo inclusivé ser anterior à formação do nosso sistema solar.