Última hora

Última hora

Grécia: Começou a distribuição de refugiados pelos países da UE

Seis famílias de refugiados partiram, esta quarta-feira (4 de novembro), de Atenas, na Grécia, rumo ao Luxemburgo. Esta foi a primeira deslocação de

Em leitura:

Grécia: Começou a distribuição de refugiados pelos países da UE

Tamanho do texto Aa Aa

Seis famílias de refugiados partiram, esta quarta-feira (4 de novembro), de Atenas, na Grécia, rumo ao Luxemburgo.

Point of view

"O povo grego sabe o que significa ser refugiado." - Alexis Tsipras

Esta foi a primeira deslocação de refugiados e faz parte do plano, aprovado por Bruxelas, de auxílio aos países fronteiriços da União Europeia que estão a ser inundados por milhares de migrantes.

A partida dos trinta refugiados, sírios e iraquianos, foi testemunhada por autoridades europeias, luxemburguesas e gregas.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, fez questão de realçar que “o povo grego sabe o que significa ser refugiado” e que apesar de o país estar a atravessar um momento de crise, não deixou de ajudar os refugiados, colocando em evidência que “mesmo as pessoas nas ilhas abriram os braços para ajudá-los.”

Mais de 580 mil migrantes chegaram às costas da Grécia, vindos da Turquia.

Em setembro a União Europeia aprovou a transferência de cerca de 169 mil refugiados dos países afetados pela crise migratória para outros Estados-membros.

Cercas 90 pessoas já foram transferidas de Itália para países como a Suécia ou a Finlândia.