Última hora

Em leitura:

Roma: Segurança reforçada para o Jubileu


Itália

Roma: Segurança reforçada para o Jubileu

Está preparado um forte dispositivo de segurança em Roma, em Itália, para celebrar o Jubileu, que começa, esta terça-feira, no Vaticano.

Depois dos atentados em Paris, França, as autoridades reforçaram a segurança na capital italiana com mais mil soldados e 2 mil agentes das forças da ordem.

Os peregrinos não mostram receio.

“É natural que a segurança esteja mais elevada devido aos recentes ataques terroristas, embora acredite que eles não estejam nada relacionados com o jubileu, porque esta não é uma guerra religiosa. Mas é bom que haja controlos, pois nunca se sabe”, diz uma peregrina de Nápoles, Maria Di Palo.

Milhares de pessoas passaram, já, pelo Centro de Informação dos Peregrinos para obterem os bilhetes e escolher o melhor local para assistir ao início do Jubileu.

“Temos apenas de nos inscrever na internet e vir ao Centro de Informação dos Peregrinos levantar os bilhetes, que estão reservados. É um procedimento simples”, afirma outro peregrino.

São esperados mais de 100 mil peregrinos na Praça de São Pedro para assistir à simbólica e tradicional abertura da Porta Santa, que marca o início deste 29° Jubileu na história da Igreja Católica, centrado, desta vez, na misericórdia de Deus.

Começa no dia da Imaculada Conceição, dia 8 de dezembro, e termina no dia 20 de novembro de 2016.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Regionais francesas: Sarkozy fecha porta a acordo com socialistas