Última hora

Última hora

Rússia e EUA chegam a acordo sobre a oposição síria a participar nas negociações

O acordo saíu da reunião entre Serguei Lavrov e John Kerry. Antes, Kerry tinha estado reunido com Vladimir Putin.

Em leitura:

Rússia e EUA chegam a acordo sobre a oposição síria a participar nas negociações

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro dos negócios estrangeiros russo confirmou a presença em Nova Iorque na próxima sexta-feira, com vista a avançar com o roteiro político para a Síria, depois da reunião com John Kerry.

Point of view

Não queremos uma mudança de regime na Síria. O que dissemos foi que não acreditamos que Assad tenha capacidade para liderar o futuro do país.

Da reunião, de cerca de 3 horas, saiu o acordo quanto aos grupos de oposição que vão poder participar nas negociações.

“Apoiamos a ideia de nos reunirmos em Nova Iorque na sexta, dia 18, para a próxima reunião de ministros do grupo de apoio à Síria. Esperamos que no fim e com o assentimento de todos, possamos apresentar um rascunho de resolução ao Conselho de Segurança da ONU”, afirmou Serguei Lavrov.

O apoio russo ao regime de Bashar al-Assad opõe-se à posição americana, que se tem manifestado contra o ataque russo a outros grupos de oposição que não o Daesh. Kerry afirmou não querer mudar o regime sírio, mas foi perentório quanto a Assad: “O que dissemos foi que não acreditamos que Assad tenha capacidade para liderar o futuro da Síria.”

O grupo de negociação é constituído pelos 17 países do chamado processo de Viena, representados pelos ministros dos Negócios Estrangeiros, que acordaram em novembro estabelecer uma estratégia política para a Síria.