Última hora

Última hora

Curdos manifestam-se em Istambul contra operações militares turcas

Em Istambul, uma manifestação contra os ataques do exército turco às regiões curdas da Turquia acabou em confrontos com as forças da ordem. A polícia

Em leitura:

Curdos manifestam-se em Istambul contra operações militares turcas

Tamanho do texto Aa Aa

Em Istambul, uma manifestação contra os ataques do exército turco às regiões curdas da Turquia acabou em confrontos com as forças da ordem.

A polícia usou gás lacrimogéneo e canhões de água para dispersar centenas de pessoas na principal praça da cidade, Taksim. Dezenas de polícias anti motin, com equipamentos de proteção, perseguiram os manifestantes em ruas laterais. Dois foram detidos. Os comerciantes tiveram de encerrar as lojas aos turistas.

Trata-se de um protesto para denunciar as operações militares contra a comunidade curda. Mais de uma centena de militantes do Partido dos Trabalhadores do Kurdistão foram abatidos nos últimos cinco dias, durante uma intervenção de grande envergadura do exército que continua na região do sudeste da Turquia.

Um total de 10.000 homens apoiados por tanques foram mobilizados para esta ofensiva destinada a desalojar os militantes curdos de centros urbanos, em duas cidades próximas às fronteiras do Iraque e da Síria, Cizre e Silopi.

Estas duas localidades da província de Sirnak estão sob recolher obrigatório há quatro dias.