Última hora

Última hora

Bowe Bergdahl, ex-prisioneiro dos talibãs, ouvido no tribunal militar

Sem grandes declarações, decorreu assim a primeira audição do soldado Bowe Bergdahl, esta terça-feira, no tribunal militar na base de Fort Bragg, na

Em leitura:

Bowe Bergdahl, ex-prisioneiro dos talibãs, ouvido no tribunal militar

Tamanho do texto Aa Aa

Sem grandes declarações, decorreu assim a primeira audição do soldado Bowe Bergdahl, esta terça-feira, no tribunal militar na base de Fort Bragg, na Carolina do Norte.

Bergdahl, de 29 anos, foi acusado em março passado de deserção e má conduta face ao inimigo. Caso seja considerado culpado poderá passar o resto da vida na prisão.

O soldado norte-americano ainda não decidiu se pretende enfrentar um júri ou um juiz no tribunal militar. Bergdahl volta a tribunal no dia 12 de janeiro.

O militar norte-americano foi capturado em 2009 por forças Talibã após ter deixado uma base norte-americana no Afeganistão. Foi libertado cinco anos depois, em 2014, em troca de cinco prisioneiros Talibã detidos na prisão de Guantánamo. Uma medida que levou os Republicanos e tece duras críticas à administração de Barack Obama.