Última hora

Última hora

Chelsea: Hiddink pede sentido crítico aos jogadores

“Não devia estar aqui. Mas estou contente por voltar”. As palavras são de Guuss Hiddink na primeira conferência de imprensa depois de regressar ao

Em leitura:

Chelsea: Hiddink pede sentido crítico aos jogadores

Tamanho do texto Aa Aa

“Não devia estar aqui. Mas estou contente por voltar”. As palavras são de Guuss Hiddink na primeira conferência de imprensa depois de regressar ao Chelsea, desta vez para substituir José Mourinho.
O treinador holandês fez questão lembrar que os problemas do clube não acabaram com a saída do técnico português e apontou responsabilidades também aos jogadores.

De qualquer forma, Hiddink garante que está feliz: “Há poucos anos estive aqui numa situação semelhante e tentei ajudar quando me foi pedido. Temos de mostrar a nós próprios, aos jogadores, ao clube e aos adeptos que esta equipa tem um forte desejo de melhorar na segunda metade da temporada e vencer já os próximos jogos”.

E o Chelsea até já começou a melhorar: na última partida, sem Mourinho, venceu o Sunderland por 3-1. Nesta altura os blues são 15.º classificados, a 11 pontos do Tottenham, a última equipa em posição de acesso à Liga dos Campeões.

Recorde-se que em 2009, quando substituiu Luiz Felipe Scolari, o holandês conquistou a Taça de Inglaterra, levou o Chelsea ao terceiro lugar da Premier League e chegou às meias finais da Liga dos Campeões.

Guus Hiddink vai sentar-se pela primeira vez no banco do Chelsea, neste regresso ao clube, no sábado frente ao Wattford, no tradicional ‘Boxing Day’.