Última hora

Última hora

Espanha: Mas insiste e Catalunha deverá mesmo ir a eleições

A Catalunha está a um passo de eleições antecipadas. O vencedor das eleições autonómicas e presidente cessante, Artur Mas, não renuncia à candidatura

Em leitura:

Espanha: Mas insiste e Catalunha deverá mesmo ir a eleições

Tamanho do texto Aa Aa

A Catalunha está a um passo de eleições antecipadas.

O vencedor das eleições autonómicas e presidente cessante, Artur Mas, não renuncia à candidatura à presidência do governo autónomo depois do pequeno partido de esquerda CUP lhe ter recusado apoio.

A região espanhola deverá então precipitar-se para novas eleições, se Mas não encontrar alternativa.

O motivo para esta recusa prender-se-á com cortes sociais do anterior governo catalão e e alegados casos de corrupção no partido de Mas, o CDC.

O campeão do projeto de independência da Catalunha diz estar sereno.

“Estou muito calmo e com vontade de continuar a combater para avançar e enfrentar Madrid que sempre tentou impedir este país de se erguer. Tenho também vontade de enfrentar aqueles que fizeram as coisas excessivamente difíceis”, explicou Mas.

As eleições tiveram lugar em setembro. A coligação de Mas venceu mas sem maioria absoluta, desde então decorriam negociações para conseguirem a eventual aliança do CUP – Candidatura d’Unitat Popular.

10 de janeiro é data limite para Mas conseguir outro apoio.