Última hora

Última hora

Autarca de Roterdão diz que não se deve estigmatizar refugiados por causa de ataques em Colónia

No rescaldo dos ataques a mulheres em Colónia, o presidente da Câmara de Roterdão, Ahmed Aboutaleb, apelou a que não se tirem conclusões precipitadas

Em leitura:

Autarca de Roterdão diz que não se deve estigmatizar refugiados por causa de ataques em Colónia

Tamanho do texto Aa Aa

No rescaldo dos ataques a mulheres em Colónia, o presidente da Câmara de Roterdão, Ahmed Aboutaleb, apelou a que não se tirem conclusões precipitadas em relação aos migrantes e refugiados.

O autarca, muçulmano nascido em Marrocos, tenta combater a radicalização através de políticas de proximidade e diálogo direto com muitos jovens.

Ahmed Aboutaleb, presidente da Câmara de Roterdão – “Gostaria que reforçar a importância do Estado de direito. A identidade dos agressores, na minha opinião, é menos importante, apesar de se poder sempre discutir essa matéria. Não importa quem fez os ataques. A polícia tem o dever de capturar os agressores e de sentá-los no banco dos réus.”

Olaf Bruns, Euronews – A polícia alemã confirmou a existência de requerentes de asilo entre os agressores envolvidos nos episódios de violência. Que resposta dá às pessoas, na Europa, que concluíram que devemos parar de receber refugiados?

Ahmed Aboutaleb, presidente da câmara de Roterdão – “A Alemanha tem um milhão de refugiados e estamos agora a falar de 18 pessoas que foram detidas por causa deste assunto. A polícia capturou pessoas, mas existe um elemento importante: o juíz. Estas pessoas devem ser levadas a tribunal e quando se provar que fizeram alguma coisa então temos um caso. Para a opinião pública, em relação à questão dos refugiados na Alemanha e na Europa em geral, estes acontecimentos não são muito benéficos. É um acidente lamentável.”