Última hora

Última hora

Atentado/Istambul: três russos entre os suspeitos

A polícia turca deteve três cidadãos russos suspeitos de terem ligações ao autodenominado Estado Islâmico e de estarem envolvidos no atentado desta

Em leitura:

Atentado/Istambul: três russos entre os suspeitos

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia turca deteve três cidadãos russos suspeitos de terem ligações ao autodenominado Estado Islâmico e de estarem envolvidos no atentado desta terça-feira, em Istambul.

Os homens foram detidos em Antália, no sul da Turquia. Durante a operação antiterrorista que, esta manhã, se estendeu ainda a Izmir foram apreendidos vários documentos e armas. No total, a polícia interpelou 65 pessoas.

Pelo menos 10 pessoas morreram – a maioria turistas – e 15 ficaram feridas depois de um bombista suicida ter deflagrado uma carga explosiva no centro de Istambul.

“O alvo era a Turquia. Foi um ataque deliberado para afetar a nossa economia” afirma um turco.

Outro adianta: “é evidente que isto afeta o turismo. 10 pessoas morreram quando estavam a visitar o nosso país.”

O ataque atribuído aos radicais do Estados Islâmico ainda não foi reivindicado.

Em relação à identidade do bombista suicida, sabe-se até ao momento que se trata de um homem de 28 anos de nacionalidade síria que terá nascido na Arábia Saudita e entrado na Turquia em janeiro.

O país está em alerta máximo desde outubro quando um duplo atentado provocou mais de uma centena de mortos, em Ancara.