Última hora

Última hora

Sérvia: Primeiro-ministro quer eleições antecipadas em nome da União Europeia

O primeiro-ministro sérvio, Aleksandar Vucic, defendeu este domingo a convocação de eleições antecipadas para que a Sérvia possa “aderir à União

Em leitura:

Sérvia: Primeiro-ministro quer eleições antecipadas em nome da União Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro sérvio, Aleksandar Vucic, defendeu este domingo a convocação de eleições antecipadas para que a Sérvia possa “aderir à União Europeia” em 2020. O desejo foi manifestado numa reunião, em Belgrado, da direção do seu partido conservador pró-europeu, o SNS.

Vucic, cujo Partido Progressivo da Sérvia (SNS) possui uma maioria confortável no parlamento, com 158 dos 250 deputados, sugeriu eleições na primavera, dois anos antes do previsto. O governo está em funções desde 2014. Abril pode ser o mês para o novo escrutínio.

De acordo com a lei, o primeiro-ministro pode demitir-se ou pedir ao presidente da Sérvia, Tomislav Nikolic, antigo presidente e fundador do SNS, para dissolver o parlamento e convocar eleições. “A minha decisão é que vamos ter eleições (…) a Sérvia precisa de mais 4 anos de estabilidade para estar pronta para aderir à União Europeia (UE)”, declarou Vucic.

O primeiro-ministro explicou que a Sérvia deve, “até 2020, concluir o seu processo de reformas e colocar-se às portas” da adesão à UE. No final de dezembro, a Sérvia abriu os dois primeiros capítulos das negociações de adesão ao bloco europeu, após a normalização das suas relações com o Kosovo.

O tema das eleições antecipadas tem sido nas últimas semanas um dos mais focados pelos meios de comunicação social, que não hesitam em prever uma vitória expressiva de Vucic e do SNS nas legislativas.

Texto: LUSA.