Última hora

Última hora

Trio de radicais alemães em fuga tentou roubar 1 milhão de euros

Três membros da Fação Exército Vermelho ou RAF, um extinto grupo da extrema-esquerda alemã, foi identificado como tendo estado envolvido, em junho

Em leitura:

Trio de radicais alemães em fuga tentou roubar 1 milhão de euros

Tamanho do texto Aa Aa

Três membros da Fação Exército Vermelho ou RAF, um extinto grupo da extrema-esquerda alemã, foi identificado como tendo estado envolvido, em junho, numa tentativa de assalto à mão armada a um carro blindado que transportava, próximo de Bremen, na Alemanha, cerca de um milhão de euros.

O trio está em fuga desde que o grupo radical se separou em 1998 e as autoridades germânicas acreditam que o grupo terá tentado o assalto para financiar a respetiva subsistência na clandestinidade.

Resíduos de ADN recolhidos numa viatura abandonada após o assalto falhado permitiram identificar os três radicais, dois homens e uma mulher. O trio é ainda suspeito de ter participado num ataque a uma prisão perto de Frankfurt, em 193, e de ter roubado de um carro blindado, em 1999, um milhão da antiga moeda alemã, o marco, e que valeriam agora cerca de 510 mil euros.

Os procuradores acreditam também que um dos elementos do trio terá estado envolvido num tiroteio junto à embaixada norte-americana em Bona, há 25 anos, e que antes teria falhado também um atentado à bomba junto de um edifício do Deutsche Bank.