Última hora

Última hora

França: Protesto inflamado de taxistas em Paris

Em Paris, a polícia de choque francesa e os bombeiros intervieram para limpar as artérias ocupadas por taxistas em protesto contra a concorrência das

Em leitura:

França: Protesto inflamado de taxistas em Paris

Tamanho do texto Aa Aa

Em Paris, a polícia de choque francesa e os bombeiros intervieram para limpar as artérias ocupadas por taxistas em protesto contra a concorrência das empresas de transporte privado como a Uber.

As vias estiveram bloqueadas por pneus a arder. A manifestação terminou em confrontos com as forças da ordem.

Karim Asnoun, Secretário Geral da CGT explica: “ Hoje, os motoristas que alugam o seu táxi não podem pagar. Têm de devolver os carros. Os motoristas que compraram a licença não podem pagar ao banco. Isto é uma mobilização europeia porque todos os colegas europeus são afectados por esta desregulamentação que favorece as multinacionais que desenvolvem aplicações, muitas vezes, em situação ilegal”.

Os taxistas franceses tiveram o apoio dos colegas espanhóis que enfrentam igualmente a concorrência da multinacional norte-americana, Uber.

Este taxista de Valência diz: “Viemos aqui apoiar os taxistas franceses porque sentimos que em grandes capitais como Paris podemos agir para colocar um fim a este pesadelo”.

O protesto de âmbito nacional coincide com uma greve mais generalizada dos serviços público e privado pela defesa do poder de compra.

Paris foi somente um dos pontos em que os ânimos se inflamaram. A polícia prendeu cerca de 20 pessoas. Há notícias de três feridos, não se sabe ainda em que circunstâncias.