Última hora

Última hora

EUA e Japão prontos a "tomar medidas" após novo teste norte-coreano

A Coreia do Norte afirma ter colocado em órbita um satélite após ter efetuado, esta noite, um novo lançamento de um foguetão de longo alcance.

Em leitura:

EUA e Japão prontos a "tomar medidas" após novo teste norte-coreano

Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Norte afirma ter colocado em órbita um satélite após ter efetuado, esta noite, um novo lançamento de um foguetão de longo alcance.

A informação, inicialmente avançada pela imprensa sul-coreana, foi rapidamente confirmada pelo canal oficial norte-coreano KCTV. No comunicado lido pela “pivot” da televisão pública, a agência espacial norte-coreana afirma-se preparada para efetuar novos lançamentos.

Um gesto que volta a inflamar a tensão na região, depois do aparelho ter sobrevoado o Japão e a vizinha Coreia do Sul, que prometeram já responder ao que consideram ser um novo teste de um míssil.

O Conselho de Segurança da ONU vai reunir-se de emergência este domingo de manhã em Nova Iorque, depois de Washington ter garantido que vai responder ao que considera ser, “uma nova violação das sanções internacionais”.

Um tom similar ao do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, que condenou o gesto do regime comunista: “nós não vamos tolerar que a Coreia do Norte siga com este lançamento depois dos avisos repetidos para que não o faça. O lançamento ocorre depois de um teste nuclear em clara violação das resoluções da ONU. Nós vamos cooperar com a comunidade internacional para tomar medidas adequadas e fazer tudo para proteger a segurança da nossa população”.

O lançamento ocorre um mês depois de Pyongyang ter anunciado a realização de um teste com uma bomba termonuclear.

Desde então que Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão têm vindo a reforçar a cooperação militar na região.