Última hora

Última hora

Cinema: Prémios Goya premeiam "Truman"

Em leitura:

Cinema: Prémios Goya premeiam "Truman"

Tamanho do texto Aa Aa

Penélope Cruz e Javier Bardem, marido e mulher, mas também estrelas de Hollywood, estiveram presentes na trigésima cerimónia dos prémios Goya. Os

Penélope Cruz e Javier Bardem, marido e mulher, mas também estrelas de Hollywood, estiveram presentes na trigésima cerimónia dos prémios Goya. Os galardões espanhóis do cinema decorreram a 6 de fevereiro, em Madrid.

Entre os convidados internacionais estiveram os atores Tim Robbins e Juliette Binoche.

O grande vencedor da noite foi o filme Truman de Cesc Gay, que recebeu cinco estatuetas das seis a que estava nomeado.

Truman conta a história de dois amigos de infância que se reencontram depois de anos de separação.
Julian Tomas e o seu fiel amigo, Truman, vão passar dias inesquecíveis juntos, a rir, a recordar, a chorar… porque esta reunião tem um valor mais do que simbólico.

Ricardo Darin venceu o Goya de melhor ator com o seu desempenho nesta película:

“Filmes e atores não competem uns contra os outros, estamos todos juntos nesta indústria. Por isso quero prestar homenagem a todos os outros nomeados. E também aproveito esta oportunidade para enviar uma mensagem aos políticos: por favor, façam alguma coisa pela nossa cultura”, explica o vencedor do prémio para melhor ator, com o filme Truman, Ricardo Darin.

O Goya de Melhor Filme Europeu foi para Mustang, de Deniz Gamze Ergüven, uma história sobre a demonização da sexualidade feminina, jovem, numa aldeia turca remota. O filme está nomeado para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro.