Última hora

Última hora

Turquia bombardeia curdos na Síria

A artilharia turca voltou a bombardear, neste domingo, posições da milícia curda YPG (unidades de proteção popular) na Síria, desde as imediações da

Em leitura:

Turquia bombardeia curdos na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A artilharia turca voltou a bombardear, neste domingo, posições da milícia curda YPG (unidades de proteção popular) na Síria, desde as imediações da passagem fronteiriça de Oncupinar.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos pelo menos dois milicianos curdos foram mortos nos ataques. Este é o segundo dia de bombardeios ao YPG, que Ancara classifica de grupo terrorista.

O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, explicou que se trata de uma retaliação e advertiu, ontem à noite, que o seu país não permitirá que a milícia curda ameace a sua fronteira, exigindo que se mantenha afastada do corredor que liga a cidade síria de Aleppo.

“A retaliação foi tomada sob as regras de engajamento contra as forças que representa uma ameaça em Azaz e área circundante. Avisamos todos os lados várias vezes antes, que a Turquia vai retaliar qualquer ataque mortal, contra o seu território “

O governo turco também criticou duramente os Estados Unidos por manterem contato com este grupo que Washington considera um aliado importante na luta contra os jihadistas do Estado Islâmico (EI).