This content is not available in your region

"O Daesh é uma associação criminosa", diz Barack Obama

Access to the comments Comentários
De  Euronews
"O Daesh é uma associação criminosa", diz Barack Obama

<p>O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reafirma o empenho total contra o Daesh em todas as frentes. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="fr"><p lang="en" dir="ltr">“<span class="caps">ISIL</span> fighters are learning that they have no safe haven. We can hit them anywhere, anytime—and we do.” —<a href="https://twitter.com/POTUS"><code>POTUS</a> on the fight against ISIL</p>&mdash; The White House (</code>WhiteHouse) <a href="https://twitter.com/WhiteHouse/status/702992481055600640">25 février 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Em conferência de imprensa, depois de reunir com o Conselho de Segurança Nacional, avisou a Rússia de que o mundo vai estar de olhos postos no cessar-fogo acordado para este sábado, disse que cada vez mais países se levantam contra o Daesh e classificou-o como uma associação criminosa.</p> <blockquote class="twitter-video" data-lang="fr"><p lang="en" dir="ltr">“We’ve continued to intensify our efforts. We’re seeing results.” —<a href="https://twitter.com/POTUS"><code>POTUS</a> on the fight against ISIL <a href="https://t.co/iTwC35xiBU">https://t.co/iTwC35xiBU</a></p>&mdash; The White House (</code>WhiteHouse) <a href="https://twitter.com/WhiteHouse/status/702996682250715136">25 février 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Barack Obama declarou que “como sempre dissemos, a única forma de lidar com o Daesh, de modo a derrotá-los de modo duradouro, é acabar com o caos e a guerra civil que engoliu a Síria.”</p> <p>Obama diz que este cessar-fogo vai ser um teste ao comprometimento de todas as partes envolvidas e um passo importante para um acordo político que ponha fim ao conflito de 5 anos, apesar de saber que não será o fim imediato da violência na Síria. </p> <p>Disse ainda que o futuro do país não deve passar pelo actual presidente sírio, Bashar al-Assad. </p> <p>Barack Obama acrescentou que para além da luta no terreno e do sucessivo enfraquecimento do auto-proclamado Estado Islâmico, é necessário combater também a ideologia que propagandeia. O uso das redes sociais e dos meios online, ao alcance de todos, é, diz o Presidente americano, um dos melhores meios.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="fr"><p lang="en" dir="ltr">“My administration is working with high-tech leaders in Silicon Valley…to help counter <span class="caps">ISIL</span> online” —<a href="https://twitter.com/POTUS"><code>POTUS</a> on countering ISIL</p>&mdash; The White House (</code>WhiteHouse) <a href="https://twitter.com/WhiteHouse/status/702994025649999872">25 février 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>