Última hora

Última hora

FIFA: O 1.º dia de Infantino

Gianni Infantino celebrou o primeiro dia de trabalho na presidência da FIFA com um jogo amigável aberto a funcionários da organização e antigas estrelas do futebol.

Em leitura:

FIFA: O 1.º dia de Infantino

Tamanho do texto Aa Aa

Gianni Infantino celebrou o primeiro dia de trabalho na presidência da FIFA com um jogo amigável aberto a funcionários da organização e antigas estrelas do futebol.

Entre os presentes estiveram o português Luís Figo, que saudou a eleição de Infantino como a “grande mudança que a FIFA necessita”, ou ainda Deco, Fabio Cannavaro, Andreij Schevchenko, Carlos Puyol e Fabio Capello.

Para além de informar que o processo de seleção para o Mundial de 2026 vai começar no prazo de dois meses, Infantino referiu as primeiras prioridades para o seu mandato: “mostrar que a FIFA se abriu”, que é “transparente” e que “não há que ter medo” do que está pela frente, “novos ventos” que, espera, levem as pessoas “a falar da FIFA de uma forma positiva” novamente.

O suíço chegou à presidência numa altura em que o organismo que gere o futebol mundial está envolvido num escândalo de corrupção que levou à queda de Sepp Blatter, o homem forte da FIFA nas últimas décadas.