Última hora

Última hora

Um olhar muito diferente sobre "O Quebra-Nozes"

Em leitura:

Um olhar muito diferente sobre "O Quebra-Nozes"

Tamanho do texto Aa Aa

A revisitação a Tchaikovsky que a Ópera de Paris oferece resultou numa versão considerada revolucionária que tem valido a Dmitri Tcherniakov inúmeros

A revisitação a Tchaikovsky que a Ópera de Paris oferece resultou numa versão considerada revolucionária que tem valido a Dmitri Tcherniakov inúmeros elogios da crítica.

O encenador russo entregou as diferentes passagens de “O Quebra-Nozes” a três coreógrafos diferentes: o português Arthur Pita, o canadiano Edouard Lock e o belga Sidi Larbi Chearkaoui. Cada um deles foi desafiado a criar universos carregados de sonho, medo e poesia.