Última hora

Última hora

Twitter celebra 10 anos

A 21 de março de 2006, Jack Dorsey, um dos quatro fundadores, enviava o primeiro “tweet”. just setting up my twttr— Jack (@jack) 21 de marzo de

Em leitura:

Twitter celebra 10 anos

Tamanho do texto Aa Aa

A 21 de março de 2006, Jack Dorsey, um dos quatro fundadores, enviava o primeiro “tweet”.

Dez anos depois, a rede social Twitter alterou o consumo de informação a nível mundial.

Twitter tem 320 milhões de utilizadores e está cotado na bolsa desde 2013.

Em 2015, o volume de negócios atingiu os 2,2 mil milhões de dólares, mas a empresa continua a acumular prejuízos. Estes atingiam 521 milhões no ano passado.

A rede, que não consegue atrair mais utilizadores, é usada, sobretudo, por políticos, celebridades, jornalistas e empresas. Tem uma imagem elitista.

Markus Beckedahl, editor de Netzpolitik.org, um blog em alemão sobre cultura digital, considera que “Twitter é um canal de notícias para muita gente. Um canal de notícias constituído sobretudo por texto. Quem usa mais a parte audiovisual vai primeiro ao Snapchat, Youtube ou Facebook”.

O Twitter, com as suas micro publicações, tornou-se crucial para ligar o comum dos cidadãos a personalidades como o Papa ou o presidente Barack Obama.

A rede social permitiu e participou em revoluções. Foi plataforma de reação após eventos trágicos como os ataques ao jornal satírico francês Charlie Hebdo.

Muitas vezes é do Twitter que partem notícias para outras redes ou para os meios de comunicação social.

A empresa, de novo gerida por Jack Dorsey, tenta reinventar-se para recuperar a confiança dos investidores. A única certeza é que a política dos 140 carateres para as publicações vai manter-se, para já.