Última hora

Última hora

Irlanda assinala o centenário da "Revolta da Páscoa"

A Irlanda celebrou este domingo o centenário da “Revolta da Páscoa”, a rebelião, esmagada pelo exército britânico, que acelerou a independência do

Em leitura:

Irlanda assinala o centenário da "Revolta da Páscoa"

Tamanho do texto Aa Aa

A Irlanda celebrou este domingo o centenário da “Revolta da Páscoa”, a rebelião, esmagada pelo exército britânico, que acelerou a independência do país.

O presidente irlandês Michael Higgins assinalou a data com a deposição de uma coroa de flores na prisão de Kilmainham, onde foram executados os 15 rebeldes na origem da revolta.

As cerimónias em Dublin, a outrora segunda cidade do império britânico, contaram ainda com um desfile militar e a leitura da proclamação da República da Irlanda, escrita pelos rebeldes de 1916.

A revolta de domingo de Páscoa terminou com a morte de 82 rebeldes, 260 civis e 143 soldados britânicos.

O levantamento despertou a consciência nacionalista dos irlandeses que, seis anos mais tarde, e após três anos de uma guerra de independência, criavam um estado “livre” de Londres.

Em 1949 era fundada a atual República da Irlanda, concretizando o apelo lançado pelos rebeldes da Páscoa.

O Google propõe uma viagem interativa por Dublin, nas pegadas da rebelião de 1916