Última hora

Em leitura:

Polícia da Macedónia carrega sobre refugiados e faz 260 feridos


Macedónia

Polícia da Macedónia carrega sobre refugiados e faz 260 feridos

Pelo menos 260 migrantes do campo grego de Idomeni ficaram feridos em confrontos com as forças policiais da Macedónia quando tentaram forçar a passagem na fronteira.

Bombas de gás lacrimogéneo e balas de borracha estão na origem dos ferimentos, sobretudo problemas respiratórios. Alguns feridos tiveram de receber assistência hospitalar.

O porta-voz do governo grego para a Migração critica este tipo de violência sobre homens, mulheres e crianças.

“O uso extensivo de gás lacrimogéneo e balas de borracha indiscriminadamente sobre mulheres e crianças é uma prática deplorável e extremamente perigosa, e nós acreditamos que as autoridades da antiga República Jugoslava da Macedónia (FYROM) precisam entender os riscos inerentes a atacar refugiados e migrantes de tal forma.

Os incidentes começaram ao final da manhã de domingo quando cerca de 500 refugiados se manifestaram junto à barreira fronteiriça reclamando a sua abertura.

A polícia carregou sobre os refugiados que tentaram derrubar as barreiras e que lançaram pedras, uma batalha campal que durou várias horas.

Mais de 11.000 migrantes estão desde inícios de março acampados em Idomeni, no norte da Grécia, à espera de uma resolução da UE desde que foi encerrada a chamada rota dos Balcãs, utilizada pelos refugiados para alcançarem os países do norte da Europa.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Polacos assinalam sexto aniversário do acidente que matou Lech Kaczynski