Última hora

Última hora

Líderes religiosos visitam linha de frente da crise migratória da Europa

O papa Francisco visita este sábado a ilha de Lesbos que está na linha de frente da crise migratória da Europa. Numa viagem relâmpago, o Sumo

Em leitura:

Líderes religiosos visitam linha de frente da crise migratória da Europa

Tamanho do texto Aa Aa

O papa Francisco visita este sábado a ilha de Lesbos que está na linha de frente da crise migratória da Europa.

Numa viagem relâmpago, o Sumo Pontífice encontra-se com os refugiados ao lado do patriarca de Constantinopla Bartolomeu II, líder dos 250 milhões de cristãos ortodoxos, que vive em Istambul, e Ierónimo II, chefe da igreja ortodoxa grega.

Os três líderes religiosos visitarão Moria, transformado em centro de detenção, um complexo amplo e cercado que abriga mais de 3 mil refugiados desde que a União Europeia e Ancara fecharam um acordo, no mês passado, para conter o fluxo de imigrantes.

Também será assinada uma declaração conjunta, na qual se espera que os três chefes espirituais enviem uma forte mensagem aos líderes internacionais.

Na sua chegada a Lesbos, o arcebispo Ierónimo destacou que o objetivo da visita à ilha é tornar o problema dos refugiados tema internacional, que não é só responsabilidade da Grécia, mas também da Europa e do mundo.