Líderes religiosos visitam linha de frente da crise migratória da Europa

Líderes religiosos visitam linha de frente da crise migratória da Europa
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O papa Francisco visita este sábado a ilha de Lesbos que está na linha de frente da crise migratória da Europa. Numa viagem relâmpago, o Sumo

PUBLICIDADE

O papa Francisco visita este sábado a ilha de Lesbos que está na linha de frente da crise migratória da Europa.

Numa viagem relâmpago, o Sumo Pontífice encontra-se com os refugiados ao lado do patriarca de Constantinopla Bartolomeu II, líder dos 250 milhões de cristãos ortodoxos, que vive em Istambul, e Ierónimo II, chefe da igreja ortodoxa grega.

Os três líderes religiosos visitarão Moria, transformado em centro de detenção, um complexo amplo e cercado que abriga mais de 3 mil refugiados desde que a União Europeia e Ancara fecharam um acordo, no mês passado, para conter o fluxo de imigrantes.

Também será assinada uma declaração conjunta, na qual se espera que os três chefes espirituais enviem uma forte mensagem aos líderes internacionais.

Na sua chegada a Lesbos, o arcebispo Ierónimo destacou que o objetivo da visita à ilha é tornar o problema dos refugiados tema internacional, que não é só responsabilidade da Grécia, mas também da Europa e do mundo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

MSF acusa Grécia de fazer expulsões abusivas de migrantes

Alexis Tsipras demitiu-se da liderança do Syriza

Partido conservador Nova Democracia vence legislativas gregas