Última hora

Última hora

MotoGP: Lorenzo na Ducati em 2017 e 2018

O piloto espanhol e atual campeão mundial de MotoGP, Jorge Lorenzo, deixa a Yamaha no final da temporada e passa a integrar a equipa italiana Ducati durante dois anos. O anúncio foi feito num comunica

Em leitura:

MotoGP: Lorenzo na Ducati em 2017 e 2018

Tamanho do texto Aa Aa

A Ducati anunciou esta segunda-feira de forma oficial que o piloto espanhol de MotoGP, atualmente na Yamaha, Jorge Lorenzo, fará parte da equipa italiana.

O anúncio foi feito num comunicado na página digital da escuderia.

Lorenzo deixa assim a Yamaha depois de nove temporadas durante as quais conquistou três mundiais de MotoGp e prepara-se para o grande desafio fazer com que os italianos voltem à onda de triunfos que a Ducati uma vez conheceu.

A última vitória em MotoGP para os italianos aconteceu em 2007, graças ao italiano Casey Stoner.

Segundo a agência noticiosa EFE, a intervenção do diretor geral da Ducati, Luigi Dall’Igna, foi essencial para convencer o atual campeão do mundo a assinar com a equipa de Borgo Panigale.

A confirmação oficial da Ducati foi feita logo depois de que a Yamaha desse a conhecer a informação. Os japoneses não duvidaram em agradecer o trabalho e “a contribuição de Jorge Lorenzo ao longo de 9 temporadas.”