Última hora

Última hora

À chegada à Europa refugiados contam horrores da guerra

A crise dos refugiados volta a ser o tema comum das estações de televisão de toda a Europa. Desta vez fomos com a TVE a Alepo; percebemos as

Em leitura:

À chegada à Europa refugiados contam horrores da guerra

Tamanho do texto Aa Aa

A crise dos refugiados volta a ser o tema comum das estações de televisão de toda a Europa. Desta vez fomos com a TVE a Alepo; percebemos as imposições de Bruxelas aos Estados membros da União com a France 2 e estivémos com refugiados que chegaram à Europa com a RAI.

TVE
Após meses de espera, por razões de segurança, a Jordânia deixou entrar 300 refugiados sírios. Mas ficam ainda 60 mil do outro lado da fronteira e este número aumenta todos os dias, à medida que cresce a violência na região de Alepo. A reportagem da TVE na cidade mártir.

France 2
O Líbano acolhe mais de um milhão de sírios, cerca de um quarto da sua população. Em visita ao país, o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, prometeu 80 milhões de euros para ajuda ao Líbano, que interdita os refugiados de trabalharem. Entretanto, na Europa, a Comissão Europeia ameaça os seus membros com multas pesadissimias pelo incumprimento das quotas de imigrantes.

RAI3
A Itália, um dos países com o maior número de refugiados, acolheu esta semana um grupo de sírios e de irquianos, muçulmanos e cristãos, provenientes de campos do Líbano. Pessoas em grande sofrimento, alguns com vidas de tal forma destruídas que não poderão nunca mais voltar à Síria.

RAI1
Esta unidade de 30 mulheres Yazidis e curdas do Iraque e da Síria, só tem um objetivo: vingar as mulheres e as raparigas violadas, mortas e maltratadas pelos jihadistas do Estado Islâmico; milhares de mulheres yazidis tomadas como reféns. A RAI 1 falou com uma delas.