Última hora

Última hora

Arábia Saudita extingue Ministério do Petróleo

O rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdelaziz, anunciou, este sábado, uma remodelação governamental. A principal novidade foi a extinção do

Em leitura:

Arábia Saudita extingue Ministério do Petróleo

Tamanho do texto Aa Aa

O rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdelaziz, anunciou, este sábado, uma remodelação governamental.

A principal novidade foi a extinção do Ministério do Petróleo.

Khalid al-Falih, até agora o administrador da petrolífera estatal, a Saudi-Aramco, e também titular da pasta da Saúde, assume o recém-criado Ministério da Energia, Indústria e Riqueza Mineral.

O poderoso Ali al Naimi que comandava a produção de petróleo do país desde 1995 transita para o Conselho Real, como assessor.

Os ministérios da Peregrinação, Comércio e Indústria, Transportes, Assuntos Sociais, e Saúde, foram alvo, também, desta remodelação,

As mudanças ocorrem poucos dias depois de ter sido anunciado um ambicioso plano para diversificar a economia do país e reduzir a dependência do petróleo até 2030.

O plano “Visão 2030” foi apresentado pelo príncipe herdeiro, Mohammed bin Salman, no dia 25 de abril, e prevê a criação de um fundo soberano de um valor entre 2 biliões e 3 biliões de dólares.

Riade planeia cortes nos empregos na função pública, reservados aos súbditos do reino, e também na população imigrante, de cerca de três milhões de pessoas, que faz os trabalhos difíceis e mal pagos.