Líder sufi assassinado no Bangladeche

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Líder sufi assassinado no Bangladeche

Um líder espiritual muçulmano sufi foi assassinado, no norte do Bangladeche, no meio de uma onda de ataques de extremistas islâmicos. O homem, de 65 anos, foi decapitado e esfaqueado. Para já a polícia está a investigar uma querela por terras mas não descarta outras hipóteses. Desde 2015 ocorreram no país mais de 20 ataques contra minorias.