Última hora
This content is not available in your region

Líder sufi assassinado no Bangladeche

Líder sufi assassinado no Bangladeche
Tamanho do texto Aa Aa

Um líder espiritual muçulmano sufi foi assassinado, no norte do Bangladeche, no meio de uma onda de ataques de extremistas islâmicos. O homem, de 65 anos, foi decapitado e esfaqueado. Para já a polícia está a investigar uma querela por terras mas não descarta outras hipóteses. Desde 2015 ocorreram no país mais de 20 ataques contra minorias.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.