Última hora

Iraque: recolher obrigatório depois de nova invasão da Zona Verde

Pela segunda vez no espaço de três semanas, apoiantes do influente líder xiita Moqtada al-Sadr invadiram a ultraprotegida Zona Verde de Bagdade, em protesto contra o governo…

Em leitura:

Iraque: recolher obrigatório depois de nova invasão da Zona Verde

Tamanho do texto Aa Aa

Pela segunda vez no espaço de três semanas, apoiantes do influente líder xiita Moqtada al-Sadr invadiram a ultraprotegida Zona Verde de Bagdade, em protesto contra o governo iraquiano.

As forças de segurança recorreram a gás lacrimogéneo e chegaram a abrir fogo para dispersar os contestatários, provocando um número indeterminado de feridos.

Um manifestante explica que foram atacados com “bombas de gás”, “granadas de atordoamento” e mesmo com “munições reais”.

Na sequência da invasão da Zona Verde, onde se encontra a sede do governo e embaixadas estrangeiras, as autoridades decretaram um recolher obrigatório em Bagdade. Os manifestantes chegaram mesmo a entrar brevemente no gabinete do primeiro-ministro, Haider al-Abadi. Al-Sadr, por seu lado, avisou que se as “manifestações pacíficas” continuarem a ser bloqueadas, “a revolução assumirá outra dimensão”.