This content is not available in your region

Síria: Ajuda humanitária chega a cidades cercadas

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Síria: Ajuda humanitária chega a cidades cercadas

<p>Na cidade cercada de Daraya, na Síria, a ajuda humanitária está a chegar pela primeira vez em quatro anos. Daraya fica nos subúrbios de Damasco e está sob controlo das forças rebeldes. Só agora as forças do governo sírio aceitaram deixar passar a Cruz Vermelha. O governo dos Estados Unidos pede a colaboração da Rússia, próxima de Assad: “À medida que continua o planeamento das ações do Programa Alimentar Mundial, pedimos à Rússia e esperamos que use a influência que tem sobre o regime sírio para honrar os compromissos que foram feitos para a entrega de ajuda humanitária por terra e, se necessário, o apoio internacional por via aérea”, disse o porta-voz do departamento de Estado norte-americano, John Kirby.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/BREAKING?src=hash">#BREAKING</a>: First humanitarian aid to reach people of <a href="https://twitter.com/hashtag/Daraya?src=hash">#Daraya</a>. We've just entered the city with <a href="https://twitter.com/UN"><code>UN</a> & <a href="https://twitter.com/SYRedCrescent"></code>SYRedCrescent</a>. <a href="https://t.co/IYaPE7qCwT">pic.twitter.com/IYaPE7qCwT</a></p>— <span class="caps">ICRC</span> Syria (@ICRC_sy) <a href="https://twitter.com/ICRC_sy/status/737981077625667584">June 1, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Em Alepo, intensificam-se os combates. Os habitantes estão cada vez mais debaixo de um fogo cruzado que envolve várias fações. A <span class="caps">ONG</span> <a href="http://syriacivildefense.org/">Syria Civil Defence</a>, de apoio aos civis, divulgou um vídeo dos momentos que se seguiram ao bombardeamento dos bairros de al-Amiriyah e al-Sukkari. </p> <iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/PYAejzHyQVA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe> <p>Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, só na quarta-feira houve cerca de 120 ataques aéreos sobre a zona.</p>