Última hora

Em leitura:

BHS fecha lojas e despede quase 11 mil pessoas

empresas

BHS fecha lojas e despede quase 11 mil pessoas

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

A cadeia britânica de armazéns BHS vai encerrar as 164 lojas e suprimir cerca de 11 mil empregos (8 mil empregos diretos e 3 mil indiretos).

A BHS estava sob administração judicial e não conseguiu encontrar um comprador para o negócio, apesar do interesse demonstrado por cerca de 10 companhias.

A cadeia britânica, criada em 1928, tem uma dívida de 1,677 mil milhões de euros, incluindo um défice de mais de 700 milhões de euros no fundo de pensões dos empregados.

O antigo proprietário Phillip Green é acusado de ter acentuado as dificuldades da empresa, da qual retirou importantes dividendos. Green terá de explicar a sua gestão à comissão parlamentar de inquérito a 15 de junho.

A BHS foi vendida em 2015 por uma libra a um grupo de investidores, chefiado por Dominic Chapell.

A cadeia de armazéns não conseguiu fazer face à concorrência crescente ao nível da internet e ao gosto dos clientes.

A falência da BHS é a maior falência do setor de distribuição no Reino Unido desde o encerramento de Woolworths, em 2008.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte