Última hora

Em leitura:

Hillary Clinton e Bernie Sanders taco-a-taco na Califórnia

mundo

Hillary Clinton e Bernie Sanders taco-a-taco na Califórnia

Publicidade

A Califórnia, onde Hillary Clinton, recebeu o apoio da cantora Katy Perry, é o estado-chave da última Super Terça-feira das primárias democratas. A ex-secretária de Estado espera alcançar o número de delegados necessário para ser candidata às presidenciais dos Estados Unidos e poder concentrar-se no combate com o adversário republicano.

“Eu acho que Donald Trump não tem qualificações ou temperamento para ser Presidente ou Comandante Supremo. Trata-se de alguém que nas últimas semanas insultou os nossos aliados mais próximos e que elogiou ditadores como o da Coreia do Norte”, atacou Clinton.

As sondagens colocam Clinton e o adversário Bernie Sanders numa luta taco-a-taco na Califórnia, quando há apenas alguns meses mostravam uma vantagem confortável da ex-secretária de Estado sobre o senador de Vermont. Mas se Sanders vencer, por uma pequena diferença, Clinton continuará com uma confortável vantagem no número de delegados ao Congresso.

Do lado dos republicanos, Donald Trump já não tem adversários diretos desde o princípio do maio, quando Ted Cruz e John Kasich desistiram da corrida às presidenciais. Trump deve ser aclamado como candidato dos Republicanos na convenção do próximo mês.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte