Última hora

Em leitura:

Mario Draghi pede mais reformas estruturais à zona euro

economia

Mario Draghi pede mais reformas estruturais à zona euro

Publicidade

Por entre elogios a Portugal, o presidente do Banco Central Europeu (BCE) pede aos governos da zona euro para avançarem com as reformas estruturais.

Segundo Mario Draghi, “há muitas razões políticas para atrasar as reformas estruturais, mas poucas razões económicas”. “O adiamento pode ter custos demasiado elevados”, estima o líder do BCE.

Perante os participantes do Fórum Económico de Bruxelas, Draghi apresentou Portugal e Espanha como exemplos: “As reformas implementadas por Portugal durante o programa de ajustamento reduziram a taxa de desemprego em cerca de três pontos percentuais entre 2011-2014. Do mesmo modo, a reforma espanhola do mercado do trabalho foi um factor de apoio ao emprego e ao crescimento”.

Em Portugal, em abril, a taxa de desemprego era de 12%, longe dos 17,8% atingidos em abril de 2013. Para a descida contribuiu em muito a vaga de imigração dos últimos anos, como revela o relatório ““Estatísticas Demográficas 2014”“:https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes&PUBLICACOESpub_boui=139659&PUBLICACOESmodo=2, publicado pelo INE em 2015.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte