Última hora

Em leitura:

Partidários do 'Brexit' usam 'medo' para convencer eleitores

mundo

Partidários do 'Brexit' usam 'medo' para convencer eleitores

Publicidade

É o tudo por tudo para os partidários do “Brexit” convencerem os britânicos de que é preciso sair da União Europeia. Tão cedo não haverá novo referendo com a opção de saída do projeto europeu.

O antigo presidente da câmara de Londres, Boris Johnson foi à pesca de votos no mercado de Billingsgate, na capital britânica.

A consulta popular é já esta quinta-feira.

“É a nossa última chance para resolvermos isto, para recuperarmos o controlo. Se não votarmos na saída, amanhã, vamos permanecer trancados na traseira do carro, conduzido para um destino incerto, francamente, para um local que não queremos ir e eventualmente, com um condutor que não fala muito bem inglês”, referiu Johnson.

O líder do Ukip, deputado europeu, usou o passaporte para convencer os eleitores.

Mas nós nem sequer temos já um passaporte britânico. Eu tenho um da União Europeia.
Vamos deixar de fingir o que este projeto europeu é. E eles têm um hino, estão a criar um exército, já tem a sua própria força policial e, naturalmente, têm uma bandeira. No final do dia de amanhã, quando as pessoas votarem, é preciso tomar uma decisão: qual é a nossa bandeira. E eu quero, eu quero viver com passaportes britânicos e sob a bandeira britânica”.

Alguns defensores do chamado Brexit advogam que não sabem para onde o projeto europeu caminha, mas incertas serão também as águas que Reino Unido navegará ao romper com a União Europeia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte