Última hora

Em leitura:

Brexit: quem vai suceder a Cameron?

mundo

Brexit: quem vai suceder a Cameron?

Publicidade

Líder oficioso da campanha do “Brexit”, o ex-presidente da Câmara de Londres Boris Johnson é dado como o favorito para assumir a liderança dos “Tories” e a chefia do governo britânico.

Outro candidato potencial é o ministro da Justiça, Michael Gove, que, apesar de amigo pessoal de David Cameron, não hesitou em declarar-se a favor da saída do Reino Unido da União Europeia.

Outros dos nomes baralhados são os da ministra do Interior, Theresa May, e do responsável das Finanças, George Osborne, apesar de ambos terem defendido a “permanência”.

Tony Travers, diretor de um centro de pesquisa da London School of Economics, diz que “a lista inclui aqueles que já se esperava antes: Boris Johnson, principal partidário da ‘saída’, Theresa May, que apesar de eurocética estava do lado da ‘permanência’ ou George Osborne… Mas é preciso lembrar que, no partido conservador, não são sempre os cabeças de lista que acabam na liderança. Por isso, é preciso ser cuidadoso com os nomes dos concorrentes nesta corrida peculiar”.

Apesar de não ser candidato à liderança conservadora e nem sequer deputado eleito, Nigel Farage é um dos grandes vencedores do referendo desta quinta-feira, já que a saída da UE sempre foi o principal cavalo de batalha do líder do partido eurofóbico e anti-imigração UKIP.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte