Última hora

Em leitura:

Nigel Farage: "A União Europeia está a morrer"

mundo

Nigel Farage: "A União Europeia está a morrer"

Publicidade

Boris Johnson e Nigel Farage são também os grandes vencedores do referendo. Johnson, antigo presidente da câmara de Londres, terá agora pela frente um futuro político risonho.

E Johnson acredita que o futuro do Reino Unido também vai continuar risonho.

“Hoje, penso que todos nós políticos devemos agradecer ao povo britânico, porque de certa forma eles têm feito o trabalho por nós. Quero assegurar toda a gente que na minha perspetiva, com o resultado deste Reino Unido, vamos continuar a ser uma grande potência europeia, a liderar os debates na política internacional e a defesa e na partilha de informação e tudo o que torna o nosso mundo seguro. Acima de tudo, podemos escutar a nossa voz no mundo novamente”, disse Johnson.

Nigel Farage, líder do euroscético Ukip, e que é também deputado europeu, foi sempre advogado do divórcio do Reino Unido com a Europa, bastante crítico da forma como o projeto europeu tem sido conduzido.

“O sol nasceu num Reino Unido independente. A União Europeia está a falhar, a União Europeia está a morrer. Esperamos ter deitado abaixo o primeiro tijolo do muro, espero que seja o primeiro passo em frente, a caminho de uma Europa de Estados soberanos, de vizinhos unidos, mas sem bandeiras, hinos ou presidentes velhos e inúteis não eleitos”, declarou.

Com David Cameron já de saída do número 10 de Downing Street, caberá ao sucessor lidar com todo o processo e negociações de saída do Reino Unido da União.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte