Última hora

Em leitura:

Brexit: Cameron enfrenta parceiros europeus em Bruxelas

Publicidade

David Cameron está em Bruxelas para explicar aos restantes 27 chefes de Estado e de Governo porque vai o Reino Unido abandonar um projeto em que participou durante 43 anos.

Cameron demitiu-se da chefia de governo e deverá abandonar funções em outubro, mas o desejo do primeiro-ministro britânico é que, apesar do divórcio, exista um relacionamento forte.

“Enquanto abandonamos a União Europeia, não podemos virar as costas à Europa. Estes países são nossos vizinhos, nossos amigos, os nossos aliados, os nossos parceiros e eu espero muito que procuremos a relação mais próxima possível em termos de comércio, cooperação e segurança porque isso é bom para nós e para eles”, explicou Cameron à comunicação social.

Depois dos encontros com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e com o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, está agendado o jantar de trabalho com os ainda parceiros europeus do primeiro-ministro britânico.

A cimeira acontece num contexto de turbulência nos mercados financeiros, reflexo da ansiedade dos investidores em relação ao chamado ‘brexit’.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte