Última hora

Em leitura:

Regulador fiscal dos Estados Unidos acusa Facebook de fuga aos impostos

empresas

Regulador fiscal dos Estados Unidos acusa Facebook de fuga aos impostos

Publicidade

O regulador Fiscal dos Estados unidos acusa o Facebook de ter subvalorizado em milhares de milhões de dólares o valor da propriedade intelectual transferida para a subsisdiária irlandesa, reduzindo, com isso, a carga fiscal que deveria ter pago. Em causa estarão a gestão e os intangíveis comerciais da rede social fora da América do Norte.

Na quarta-feira, o departamento da justiça norte-americano entrou com uma ação no tribunal federal de São Francisco com o objetivo de impor a investigação às acusações do regulador contra a empresa de Mark Zuckerberg.

A alegada estratégia do Facebook é usual entre empresas tecnológicas como forma de reduzir os encargos fiscais. Na Irlanda, a carga fiscal para grandes empresas situa-se atualmente nos 12,5 por cento, bem menos de metade dos 35 por cento de carga fiscal aplicados às grandes companhias nos Estados Unidos. Uma diferença que permitirá ao Facebook poupar, igualmente, muitos milhares de milhões de dólares.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte