Última hora

Em leitura:

Síria: 121 mortos durante borbardeamentos das forças governamentais

mundo

Síria: 121 mortos durante borbardeamentos das forças governamentais

Publicidade

Pelo menos 121 pessoas morreram, no sábado, na Síria, durante bombardeamentos aéreos perpetrados, de acordo com os Comités de Coordenação Local da Síria, pelas forças leais a Bashar al-Assad e pela Força Aérea Russa.

Esta organização, que agrupa várias fações oposicionistas, revelou que 57 das mortes registaram-se na cidade de Aleppo, cercada pelas forças do regime desde 11 de julho.

Segundo a Associação Independente de Médicos, um grupo de médicos sírios que prestam serviço no local, quatro hospitais da cidade foram atingidos, durante os bombardeamentos, um dos quais era um hospital para crianças.

A organização oposicionista fala “num autêntico banho de sangue”.

Desde o início do conflito na Síria, em 2011, mais de 280 mil pessoas morreram e milhões foram obrigadas a abandonar as suas casas.

Este domingo o governo de Damasco anunciou que está está preparado para uma nova ronda de negociações de paz, sem quaisquer condições prévias.

Em fevereiro foi acordado um acordo de cessar-fogo, com o apoio das Nações Unidas, que não se tem verificado no território.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte